Responsabilidade

Tenhamos o mínimo de decência e patriotismo. Dizer que o mal do Brasil é o brasileiro, que na Europa os programas sociais funcionam porque lá moram europeus não vai mudar nada por aqui. Eles estão sendo educados há séculos, e nós, há poucas décadas. Urge nossa necessidade de educação. Patriotismo é olhar para os famintos e desalojados e dizer que sim, isso é problema meu. “Mas e quanto a essa vagabundo, sem educação alguma, esse bandido? A culpa é dele, ele que se foda, pois é um câncer da sociedade. Não é problema meu.” Pois eu estou aqui para dizer-lhe, meu caro compatriota, que está enganado. É problema seu sim. E meu. Tenhamos dignidade. O Brasil arrecada impostos sim, toda nação necessita disso e a falha está em como se aplica (ou se desvia) esse montante.
Há incontáveis anos nos ensinaram a odiar os pobres, e o pior: colocaram na cabeça da “classe média” que ela ficará rica pisando nos pobres. Que querem pegar nosso dinheiro e dividir. Estou aqui, meu caro concidadão, para lhe assegurar que o discurso comunista está errado no que prega que se mate a galinha para dividir-lhe a carne. É preciso manter a galinha viva, trabalhando para repartirmos os ovos. Esse é o discurso. Quer que tudo funcione? Substitua seu ódio por ações eficazes de fiscalizar e exigir justiça quando pegarem sua parcela de responsabilidade (entenda impostos) pelos famintos, desalojados e carcinomas sociais e não derem o destino correto.
Prendam todos os bandidos.
O verdadeiro câncer da sociedade não nos assalta à mão armada.

2ª Apresentação na Feira do Livro

Ontem, dia 20/06, tive a honra de participar pela segunda vez da 15ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto. Os resultados não poderiam ser melhores: assim como aconteceu no dia 14, vendi todos exemplares que disponibilizei ao evento. Aliás, restou um único exemplar d’O Busto de Adão e Outras Poesias, que será encaminhado pela FUNPEC a alguma biblioteca da cidade.

IMG_4760Outro fato que me deixou muito feliz, além da receptividade que minha poesia encontrou em Ribeirão Preto, foi de saber que, durante a semana, outras pessoas adquiriram meu livro sem que eu estivesse por lá a apresentá-lo. Mas o que mais me emocionou foi descobrir posteriormente que uma das compras foi realizada por um colégio! Receber a aprovação de profissionais do ensino é para mim um grande prêmio, e ter meus poemas na biblioteca de um colégio é muito gratificante (e traz grandes responsabilidades).

Quero agradecer mais uma vez a Chiado Editora e a Livraria da Travessa pela parceria, sobretudo por acreditarem na beleza da poesia (a bom preço e ainda parcelado! rsrsrsrs).

Ah, quem quiser conhecer um pouco mais sobre o livro, basta CLICAR AQUI.

Já leu o livro e tem perfil no SKOOB? Adicione à sua biblioteca e deixe uma avaliação!1525646_10151771258050841_1931263610_n

Desejo um bom domingo a todos!

Abraços poéticos,

Bruno Félix.