Soneto Místico

maxresdefaultMergulha na luz que vem do Oriente
Emerge na terra que te produziu
Flutua na água, domina a corrente
Reflete no fogo a centelha anil

Encontra a magia que anima o ser
Lapida essa pedra, tal nobre artesão
Deita-te em núpcias, sagrado prazer
Revive em carne, amor, comunhão

Dentro do espelho há mais que um portal
Servindo ao mundo descobrirás
O domínio da vida através do amor

E verás que a Cruz não é só do Senhor
Saberás da balança, do bem e do mal
E no teu coração abrirá uma flor